Ir para o topo
Imprimir

Reforma da Passarela

Na última Assembleia Geral Ordinária de 26 de março de 2016, foram aprovados por unanimidade o reajuste da taxa associativa, que teve por base apenas a inflação passada dos últimos 12 meses.
A parcela relativa ao mês de maio foi rateada em 8 vezes, com um valor de R$ R$ 6,48, haja vista que o exercício financeiro começa em abril.
 
Pela primeira vez desde que assumimos a responsabilidade de administrar a nossa Associação, solicitamos uma verba de investimento, a qual foi rateada em 6 vezes, no valor de R$ 22,88 (cada), a fim de reparar a estrutura da passarela, pois se não fizéssemos a mesma seria interditada pelo DER, em caso acidente seriamos responsabilizado civil e criminalmente. 
 
Todas as explicações foram prestadas naquela assembleia, entretanto restaram dúvidas para os que não puderam comparecer. 
Faço breve resumo: 
 
a) Conforme o termo de compromisso firmado com o DER (Departamento de Estradas e Rodagem) em 08 de abril de 1992, a responsabilidade da passarela era da Lello Empreendimentos (ANEXO 1).
 
b) De acordo com o (ANEXO 2), em 10 de novembro de 1994 quando naquela época já era advogado contratado da Associação o Sr. Cleodilson Luiz Sforzin, a Associação Morada da Praia, assumiu por instrumento de sub-rogação elaborado pelo próprio Sr, Cleodilson todos os direitos e deveres da Lello Empreendimentos referentes ao loteamento Morada da Praia.
 
c) Em 26 de novembro de 2013 o Diretor Presidente Jorge Attílio Pascucci, recebeu notificação do DER, determinando os reparos, conforme (ANEXO 3).
 
d) Em 27 de janeiro de 2014 tomamos conhecimento dos fatos, conforme (ANEXO 4).
 
e) Determinamos que se providenciasse um laudo para verificar a real situação, (ANEXO 5).
 
f) Solicitamos prazo ao DER, encaminhando o laudo acima enunciado.
 
g) Em 15 de outubro de 2014, recebemos nova notificação para efetuarmos os reparos, (ANEXO 6).
 
h) Em 15 de abril de 2016, encaminhamos a Secretaria de Logística e Transportes, oficio comunicando o início das obras, (ANEXO 7).
 
 
Acredito que está clara a responsabilidade da Associação referente a administração e manutenção da passarela.
 
De acordo com o Departamento de Trânsito, haviam antes da obrigatoriedade de travessia pela passarela, entre 4 a 5 acidentes com morte naquele trecho, sendo que depois do seu uso, não ocorreu qualquer outro evento do tipo.
 
Além das vidas que não foram perdidas, houve uma redução drástica no número de acidentes de trânsito, devido a travessia de transeuntes.
 
Para pessoas com necessidades especiais basta solicitar a portaria a travessia, que será feita com segurança, apenas nos casos essenciais.
 
Hoje a taxa associativa é a menor da região, conforme exposição apresentada, (ANEXO 8), considerando apenas o serviço de fornecimento de água; sem considerar outros serviços como o novo ambulatório, serviço gratuito de ônibus, retirada de podas, objetos e entulhos, etc...
 
Concluindo, apresentamos o balancete do mês de maio de 2016 onde está exposta a real situação financeira da Associação, (ANEXO 9), bem como fotos do antes e durante a execução do serviço de recuperação estrutural da passarela, (ANEXO 10).

 
Cordialmente,
 
 
Aparecido Pavanelli
Diretor Presidente        


Rodovia Manoel Hypólito do Rego, km 193 - PABX (13) 3312-1207. Caixa Postal 058 - CEP: 11250-970 - Bertioga - SP
Logotipo PADRÃO Agência BK Preto
Ir para o topo