Tiê-sangue

Tiê-sangue (Ramphocelus bresilius) quem já viu esse pássaro no Morada da Praia certamente não esqueceu, devido sua beleza incomparável!

Sua coloração vermelha sangue, faz ele chamar muita atenção de predadores por isso tão ariscos.

O Tiê-sangue é frugívoro, tendo predileção pelos frutos da Embaúba. Alimenta-se também de insetos e vermes. Um fator que beneficiou a manutenção da população do Tiê-sangue e de outros thraupídeos no litoral do Sudeste foi a extensiva cultura da banana, que fornece uma rica fonte de alimentação, durante todo o ano, a um grande número de espécies.
Aprecia os frutos da Fruta-de-sabiá ou Marianeira (Acnistus arborescens).

Reproduz na primavera e no verão. Chega à maturidade sexual aos 12 meses, mas a soberba plumagem rubro-negra do macho só é adquirida no segundo ano de vida. Constrói o ninho em forma de cesto, que muitas vezes é forrado com materiais do tipo: fibra de palmeira, fibra de sisal, fibra de coco e raiz de capim. A fêmea põe 2 ou 3 ovos verde-azulados lustrosos, com pintas pretas, pesando em média 3 gramas. Apenas a fêmea incuba, no entanto após o nascimento dos filhotes, vários indivíduos alimentam a prole, inclusive machos. Seus ninhos costumam ser parasitados pela espécie vira-bosta ou também chamado de chupim (Molothrus bonariensis). As posturas ocorrem de duas a três vezes por temporada, com período de incubação de 13 dias, e os filhotes tornam-se independentes aproximadamente 35 dias após o nascimento.
Olho no céu e nas arvores para tentar ver essa beleza única!